Nicola Minervini

Diretor da International Marketing Consulting, em Bérgamo/Itália, autor dos livros “O Exportador” e “Consórcios de Exportação: Como (não) fazê-los”.

Feiras Internacionais Marketing Internacional

Em nosso 1° artigo sobre feiras, tratamos dos preparativos para a participação em uma feira como expositores. Para que possamos otimizar nossa preparação, devemos ter uma boa informação sobre que tipo de público visita as feiras, de maneira a preparar o pessoal responsável do estande  a usar a linguagem e atitude mais adequada ao visitante. Nos  check-lists a seguir, podemos tem uma boa panorâmica sobre os diferentes visitantes Check-list no 51: TIPO DE PÚBLICO PRESENTE EM FEIRAS Executivos de compras que visitam a feira para Continue lendo

Feiras internacionais

As feiras ainda representam um dos mais importantes − se não o mais importante − instrumento de promoção, de pesquisa de mercado e, em alguns casos, de comercialização. Por mais que a Internet tenha facilitado o acesso a muitas informações, alguns aspectos como a expressão corporal das pessoas que visitam o estande, as características físicas de determinado produto concorrente, a personalização da mensagem a ser transmitida de acordo com o interlocutor e até mesmo o feedback dado por um cliente não podem ser experimentados virtualmente. Continue lendo

feiras

A feira internacional é o mais importante meio de promoção, informação, comunicação e formação para as empresas que querem continuar competitivas, tanto no mercado externo como no interno. A Europa é considerada o continente das feiras, onde são realizados 44% destes eventos no mundo, em particular na Alemanha, Itália, França e Espanha. Apesar dos avanços da internet, a feira ainda é a forma mais barata, pratica e rápida para se auferir o estágio da competitividade da empresa. Representa um grande “fornecedor” de “matéria prima” para Continue lendo

Não, nem toda PME (Pequena e Média Empresa) é capaz de exportar. Só exporta quem realmente compreendeu as exigências do mercado internacional, quem tem produto diferenciado, quem considera a exportação como uma forma de desenvolver a própria empresa. Quem considera o mercado externo como uma saída para a crise, certamente não conseguirá se internacionalizar. A exportação exige um grande compromisso com a continuidade de fornecimento, com a qualidade, com a inovação, com a seriedade comercial, com a pesquisa e com atitude de quem pensa a Continue lendo