Produtividade: 5 segredos que talvez você não saiba

produtividade

Produtividade. Diariamente acompanhamos, ao nosso redor e nas redes sociais, aqueles amigos e conhecidos que conseguem realizar seus projetos e sonhos.

Ao mesmo tempo, encontramos aqueles eternos frustrados, que passam a vida reclamando de seus resultados, até tentam realizar algum tipo de planejamento para a vida, porém não obtém o mesmo êxito mesmo estando em condições e oportunidades idênticas ao de pessoas bem-sucedidas.

Você sabe por que isso acontece? Vem comigo que eu vou te mostrar

1. Atitudes em relação aos seus objetivos

Pode parecer estranho falar de objetivos em um texto de produtividade, porém essa é a grande diferença de pessoas que estão vivendo acima da média: elas possuem objetivos claros, sabem exatamente para onde estão indo.

Também possuem a qualidade de saber empregar bem o tempo, usando sua energia de forma sábia, conquistando em menor tempo resultados maiores.

2. Você planeja e age ou somente planeja?

O planejamento seguido de ação é o que eleva a produtividade de pessoas e empresas e gera autoconfiança, que, por sua vez, leva o indivíduo a sair de um estado de vitimização para o de controle e ação.

Um dos primeiros passos que devemos tomar para sermos mais produtivos é o planejamento de nossas ações. Possuímos uma infinidade de recursos disponíveis para isso, agenda física, agenda virtual ou aplicativos de smartphones, uma lista de prioridades, post-it espalhados no escritório etc.

Diante disso, para saber qual se encaixará em sua rotina você precisará experimentar, praticar e identificar qual é o melhor recurso que te ajudará a planejar o dia, a semana e o mês.

Após o planejamento é necessário partir para a ação e é testando na prática que você irá descobrir a melhor forma de planejar sua vida e o que terá maior potencial para produzir resultados mais efetivos.

3. Ação que gera maiores resultado é a que foi bem planejada

A mente humana trabalha por padrões e estes são representados por hábitos.

Planejar e agir é um hábito criado por uma rotina de excelência, com horários bem definidos e o foco ajustado para as coisas prioritárias e importantes do dia.

Por outro lado, práticas como acionar o modo soneca 5 vezes pela manhã ou acordar muito tarde e ao longo do dia fazer coisas com pressa, devem ser extintas da nossa vida.

Porque além de manter um padrão de procrastinação, nos levar a consumir boa parte do tempo e energia com coisas improdutivas.

Um dos hábitos que pratico, e que aprendi com pessoas de sucesso, é preparar minhas ações na noite anterior, antes de dormir, fazendo anotações de coisas importantes que não posso esquecer.

Há também àquelas precisam ser resolvidas no dia seguinte, e para esta ação, além de ajudar no meu planejamento, me leva a dormir mais tranquilo, sem precisar ficar brigando com minha mente para não esquecer das coisas importantes, me obrigado a permanecer com ela em atividade, atrapalhando o sono.

Ao acordar, com a sua lista em mãos, defina as prioridades e comece a agir. A cada realização, comemore, pois isso o deixará mais focado para próxima atividade da lista, e consequentemente, você chegara ao final do dia com mais energia!

4. Uma breve avaliação da sua produtividade diária

É muito importante entender o que e como estamos vivendo nosso dia.

Se pararmos para refletir um instante, ao final de cada dia já iremos perceber, através de nossas emoções, se o nosso dia foi produtivo.

Isso irá gerar um sentimento de dever cumprido e alegria, pelas várias demandas que conseguimos resolver, ou se foi improdutivo, que fará com que, ao final do dia, nossa mente e corpo estejam cansados e frustrados.

Peter Drucker diz “Aquilo que não se pode medir, não se pode melhorar.” –  a melhor forma de saber se realmente estamos indo pelo caminho certo, controlando nosso ritmo, é através do gerenciamento e da medição, o que o autor chama de de “check-in”.

Por isso, o primeiro passo para aumentar a produtividade diária é ter um planejamento, feito no dia anterior, e só depois agir de acordo com ele.

Ao final do dia, avaliar qual foi o seu rendimento produzido ao longo do dia, identificando quais foram as ações mais bem-sucedidas, quais foram os fatores de distração e assim por diante.

Fazendo esse check-in diariamente, você será mais assertivo, evitando e corrigindo padrões negativos, que só roubam tempo e energia.

TUDO sobre Importação

TUDO sobre IMPORTAÇÃO, sem mi-mi-mi, sem blá-blá-blá-blá, direto ao ponto. Quer se manter atualizado? Então Se inscreva nesta lista, é GRÁTIS.>

5. Pessoas produtivas são mais felizes

A felicidade precede o sucesso, e não o contrário é o que diz o pesquisador e escritor Shawn Achor.

Ao longo de 10 anos de pesquisa, ele percebeu esse comportamento em pessoas bem-sucedidas. A felicidade destas pessoas não era apenas uma condição no momento de uma realização pessoal e profissional. Por serem produtivas, elas eram mais conscientes de seus recursos internos e externos.

Pessoas negativas tendem a não ser produtivas e consequentemente não são bem-sucedidas. O pessimismo com o qual convivem diariamente as levam a um estado de vitimização, fazendo-as focar nos problemas e não nas soluções.

Por isso é bastante comum encontrar pessoas que se sentem fracassadas após um dia intenso de trabalho.

Além do mais, por não possuírem o controle da agenda, acabam terceirizando seu maior bem que é o tempo, e assim assumem o papel de coadjuvante na vida.

Essas pessoas costumam acreditar que os outros são melhores do que elas, ou, que a sorte não sorri para todo mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *