Está difícil manter a Argentina como parceiro comercial

argentina

Neste embate comercial, o Brasil já cedeu em 6 setores, dos 12 que estão em negociação com o nosso país.vizinho.  Só neste ano, o comércio bilateral já caiu 36%, e setores como freios, embreagens, calçados e móveis foram os mais afetados.

Tudo começou na Rodada de Doha, em que Brasil e Argentina tiveram posições diferentes nas negociações, relativos à farinha de trigo.  De lá pra cá, a crise internacional pegou os hermanos em cheio, e o governo da presidente Cristina Kirchner adotou uma política protecionista contra os produtos brasileiros.

Apesar dos importadores argentinos estarem interessados em comprar produtos brasileiros (linha branca, vestuário, calçados), muitos barreiras tarifárias e não-tarifárias os impedem.  Entretanto, vê-se que a redução do comércio bilateral com produtos brasileiros não acontece com os mesmos produtos chineses.  E é este o grande receio dos exportadores daqui.

Vários empresários dos dois lados já sentaram a mesa e discutiram uma forma de reduzir as exportações para aquele país, mas o governo brasileiro já ameaça ir à OMC contra a Argentina, caso ela insista em não respeitar a obrigatoriedade de liberar as licenças de importação em até 60 dias, como manda a norma internacional. O clima é de total irritação com este protecionismo argentino.

E ainda tem mais.  Agora, segundo o Secretário de Comércio Interior daquele país, para cada dólar importado deverá haver outro dólar exportado.  Os importadores argentinos terão de assinar uma declaração em cartório, onde se comprometem a vender, em até um ano, o mesmo valor em dólar daqueles produtos que pretendem importar.  Uma piada argentina de péssimo gosto.

Porém, não há consenso por parte do governo brasileiro se impetrar uma ação na OMC é o melhor caminho.  Alguns dizem que a diplomacia brasileira (??) vai deixar tudo como está em nome da integração regional.

Outra piada de péssimo gosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *