,

O tecnólogo e o comércio exterior

Comércio Exterior

A dinâmica econômica entre as várias nações do mundo nas últimas cinco décadas cresceu a taxas excepcionais.  O comércio de bens e serviços expandiu-se em números superiores aos da produção, levando muitas nações ao novo mundo que emergiu neste período, com maior concentração a partir dos anos 90, com a inclusão do nosso país.

Atualmente, somos um dos grandes expoentes desta nova realidade.  Citado em um relatório da renomada consultoria internacional Goldman Sachs, ao lado da Rússia, Índia e China, como um dos quatro países que podem vir se tornar grandes potências econômicas, o Brasil tem mostrado todo o seu potencial no comércio exterior.

Em 2008, as exportações brasileiras somaram US$ 197,942 bilhões, valor recorde histórico para o período, e as importações somaram US$ 173,197 bilhões.

Apesar de o saldo comercial ter encerrado o ano 38,2% abaixo do registrado em 2007, a corrente de comércio, que é a soma das importações e exportações, alcançou recorde de US$ 371,139 bilhões, com um aumento de 32,0%, em valor, sobre o mesmo período anterior.  Países com grandes correntes de comércio têm maior facilidade de enfrentar as possíveis crises externas.

E isto se deve a fatores tecnológicos, sociais e culturais, além de políticas governamentais implementadas na última década. E neste novo cenário global surge uma nova profissão que desponta no sistema educacional brasileiro: a do Tecnólogo em Comércio Exterior.

No Brasil, tecnólogo é o profissional de nível superior formado em um curso superior de tecnologia. Esta modalidade foi criada pela Lei 9.394/96 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação). Sua formação é mais curta, com duração média de dois ou três anos, permitindo a continuação dos estudos, como pós-graduação Lato Sensu (especialização) e Stricto Sensu (mestrado e doutorado).

Não se trata de um profissional intermediário, mas de alguém capaz de atender a campos específicos no mercado de trabalho.   O curso busca oferecer características diferenciadas de acordo com o perfil do profissional e do mercado.  A estreita ligação dos cursos de tecnologia com as necessidades reais da sociedade podem oferecer uma excelente perspectiva de responder à demanda daquilo que é melhor para o crescimento do país.

TUDO sobre Despacho Aduaneiro

TUDO sobre DESPACHO ADUANEIRO, sem mi-mi-mi, sem blá-blá-blá-blá, direto ao ponto. Quer se manter atualizado? Então Se inscreva nesta lista, é GRÁTIS.>

Clique aqui para confirmar que você não é um SPAMMER

E a profissão de Tecnólogo em Comércio Exterior se encaixa perfeitamente nesta nova arquitetura. As áreas de atuação desta profissão são muitas, o que torna o mercado bastante amplo.  Ela permite atuar no dia a dia das empresas de importação, exportação, bancos, consultorias e de despachos aduaneiros. Cuida e gerencia os trâmites das operações logísticas e tributária/fiscal.

Além de empresas privadas, o tecnólogo em comércio exterior está apto a seguir a carreira pública, como analista ou auditor da Receita Federal do Brasil, ou em organismos nacionais e internacionais ligados à atividade de exportação e importação.

No passado, a formação deste profissional era dada pelos cursos de bacharel em administração. Esta modalidade se mostrou inadequada às reais necessidades do mercado, uma vez que muitas matérias específicas eram lecionadas apenas no final do curso, formando profissionais generalistas com pouca experiência acadêmica e prática naquilo de que o mercado precisava.

Já os cursos superiores em tecnologia de comércio exterior são concebidos para atender às reais necessidades do mundo internacional. Sua grade curricular tem foco nas operações envolvendo intercâmbio de bens e serviços, práticas comerciais e aduaneiras, métodos quantitativos, práticas jurídicas, sociais e econômicas, além de soluções logísticas.

Não resta dúvida de que se trata de uma formação perfeitamente adequada às novas necessidades deste cenário global, o qual muitas multinacionais verde-amarelas já dominam o mundo.

* Publicado no Jornal A Tribuna/ES, em 13/06/2009, p.21

17 Comentários


  1. Olá Carlos sou recém formada em Tecnólogo em Comércio Exterior, não tenho experiência na área, gosto muito da parte de transportes (transportadoras), estoque, conferência de mercadoria, cotação já que na empresa onde trabalho paço tudo isso mas à nível nacional, diante disso vc pode me indicar qual curso posso fazer.

    Responder

  2. Amigo, estou me formando em Administração e quero fazer comercio exterior. Estou na dúvida em Mba em comercio exterior ou tecnologo em comercio exterior. Qual seria a diferença dos dois? Ou faz o tecnologo primeiro e depois o MBA. NA empresa que eu trabalho, começou a fazer pequenos exportacoes por meio do exportacoes fácil. Mas na verdade não é fácil nada. Fico no aguardo. Meu email flaviob777@gmail.com

    Responder

  3. Olá Carlos, tudo bem?
    Tenho acompanhado seu trabalho e o conheci através do Rodrigo Geraldeli.
    Bom, fiz tecnólogo em Comex, fico alucinado pensando em como entrar nessa área, mas infelizmente, nunca consegui. O tempo passa e eu continuo trabalhando em outra área, que me desgasta e eu odeio o que faço.
    Fiz o curso tecnólogo, tenho bom inglês, fiz outros cursos livres de atualização sobre o tema, mas é sempre a mesma coisa: muita teoria e prática zero!
    Tem alguma indicação de fórum ou material que ajude na prática como desenvolver todas as etapas de um processo de importação para pessoa jurídica? Qual a melhor maneira para adquirir prática com o processo de importação para PJ?
    Como tenho 42 anos, acho difícil de arrumar contratação em empresas, mas acho plenamente viável ter minha própria empresa e importar produtos com os quais eu possa trabalhar e gerar renda, seja com vendas na web eu em loja física.
    Gostaria que pudesse me dar uma palavra de incentivo ou alguma informação norteadora.
    Abraços.

    Responder

  4. Fiz tecnólogo em Comércio Exterior, e gostaria de saber qual curso de pós graduação fazer, você poderia me dar uma dica ?

    Responder

    1. Mônica, a minha resposta seria muito mais válida se conhecesse a sua área de atuação ou àquela que você mais se identifica. Porém, para não deixar de responder, eu sugiro uma pós-graduação em Logística e Distribuição. Espero ter ajudado.

      Responder

  5. Ola, sou bacharel em administraçao e tenho MBA em gestao estrategica; gostaria no momento de me aprofundar na area de comercio exterior. Você recomendaria um MBA ou um curso de tecnologo ?

    Responder

  6. Boa noite, tenho 18 anos, tenho o Espanhol básico e o inglês fluente e estou em dúvida entre administração e comércio exterior. O mercado reconhece o profissional que curso o tecnólogo, ou é melhor eu fazer o de administração com foco em comércio exterior?

    Responder

  7. Boa noite!
    Trabalho no departamento comercial de uma empresa na área de agricultura, há 2 anos estou nessa área e adoro oque faço! acabo de dar início ao curso tecnologo em comércio exterior.
    Gostaria de saber, quais são as especializações ou mba que são oferecidas após o término do curso.

    Obrigada!

    Responder

  8. Olá Professor Carlos Araújo, parabéns pelo blog,e pelo texto. Eu gostaria da sua opnião: eu sou formada em Comércio Exterior e optei por fazer uma pós graduação em Planejamento e Gestão organizacional, eu acho que foge bastante da área, mais pensei em ampliar mais os conhecimentos para não ficar tanto no “específico”. A questão é que eu quero seguir a área acadêmica e penso em fazer um mestrado, porém possuo muita dúvida na escolha ja que diversifiquei bastante. Você poderia me indicar algum? Grata!

    Responder

    1. Olá Marília, tudo bem? Muito obrigado pela sua mensagem.

      A carreira acadêmica necessita de profissionais da área, que dominam ´assuntos específicos´. Quando você partir para um mestrado, verá que assuntos importantes serão discutidos em maior profundidade, e que no final haverá uma ligação (por ex. a economia e o comércio exterior). Não sei que região do país você está, mas procure um mestrado profissionalizante na área de negócios. Não conheço um específico em comércio exterior, mas há vários em administração estratégica, contabilidade gerencial e economia. O mais importante é a área de concentração (ou linha de pesquisa). É nesse momento que você irá achar um orientador interessado na sua pesquisa, e que será alguém que lhe ajudará a discutir o tema que você escolheu.

      E por fim, não acho que haja uma diversificação enorme entre comércio exterior e Gestão Organização. Eu posso lhe afirmar que um profissional de comex passa um bom tempo do seu dia-a-dia cuidado da gestão de pessoas, de materiais, de negócios. Eu sempre digo que comércio exterior e logística resume-se a uma boa gestão.

      Quem sabe você não encontre um mestrado em Gestão?

      Boa sorte!

      Responder

  9. Boa colocação do autor sobre a profissão de Tecnólogo em COMEX. Realmente existem lacunas vagas no mercado, o problema é que as empresas não contratam nós tecnólogos recém formados e sem experiência, mesmo com o ingles fluente como é o meu caso. É possível encontrar barreiras nesta área ainda, infelizmente. Sou formado em Tec. em COMEX desde junho do ano passado, pela UNINOVE em SP, e até agora nada. E olha que não falta empenho de minha parte para conseguir um bom trabalho.

    Márcio C. Maduro

    Responder

  10. oooi , estou cursando o terceiro ano do ensino médio e quero fazer comércio exterior ano que vem .,
    faço aula de inglês mais ainda não falo fluente, e não sei espanhol .

    poderia fazer o curso tecnologo em comércio exterior ? mesmo sem saber várias linguas ?
    e depois de formada posso trabalhar aonde ?

    desde já muito obrigada .

    Responder

  11. bom,gostaria de saber se alguém que nunca fez outra faculdade antes pode estar fazendo o curso tecnólogo de comércio exterior?

    Responder

  12. Olá,decidi por fazer o tecnologo em Comercio Exterior em minha cidade com 2 anos de duração,porem me falaram que por ser curto não tem reconhecimento no mercado de trabalho,seria melhor então fazer graduação em Administração,uma vez que poderei trabalhar na area de Comercio Exterior?Li que com a faculdade de Administração poderei trabalhar em Comercio Exterior,mas não a area expecifica…Pode me ajudar,uma vez que viso um bom emprego e salario?!

    Muito obrigada,

    Responder

  13. O que o curso tecnologo em comercio exterior,

    Relação teoria e pratica do curso,

    tópicos onde são aplocados em termos de mercado,

    curso em relação ao cenario enpregatício nacional?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *