ES

O Espírito Santo registrou uma alta de 27% nas vendas para o mercado externo, em 2011: US$ 15,1 bilhões contra US$ 11,9 bilhões, em 2010. Representando 5,92% dos negócios brasileiros, feitos no exterior, o estado se manteve na 7ª posição, no ranking nacional de estados exportadores. Os principais destinos das exportações capixabas foram os EUA, China, Holanda, Argentina e Arábia Saudita, e entre os produtos mais vendidos estão o minério de ferro, petróleo cru, produtos de ferro e aço, café, celulose e rochas ornamentais. Em Continue lendo

economia

Incentivos fiscais ou financeiros, fundos de participação e royalties são recursos com os quais o Estado do Espírito Santo conta para se manter. Já perdeu um e está prestes a ter cortes substanciais nos outros. O Fundo de Desenvolvimento das Atividades Portuárias (Fundap) é um incentivo financeiro inédito, que visa incrementar as operações de comércio exterior – através do sistema portuário capixaba -, para as empresas sediadas no Espírito Santo e tributadas com o ICMS local. Está certo que incentivo é um benefício concedido para Continue lendo

Incentivos fiscais ou financeiros, royalties e fundos são recursos com os quais o Espírito Santo conta para se manter. Já perdemos um e estamos prestes a perder ou ter cortes substanciais nos outros. No caso do FUNDAP, por exemplo, o estado teve 40 anos para usufruir o incentivo e reverter a situação que exigiu sua implementação, mas se acomodou e transformou uma situação transitória em permanente. O impacto da sua perda, sobre a nossa economia, será muito grande e está avaliado em R$ 1 bilhão Continue lendo

Através dos chamados grandes projetos, que começaram com a expansão da CVRD (Vale), seguida pela Aracruz (Fíbria), Samarco e CST (Arcelor Mittal), o Estado do Espírito Santo marcou, definitivamente, a sua inserção na era industrial e da economia globalizada. Hoje, essas empresas já estão entre as maiores do mundo. Com as descobertas de petróleo e gás, na nossa camada de pré-sal, a Petrobras passou a fazer parte desse grupo e pretende investir cerca de R$ 65 bilhões, nos próximos 10 anos. O Espírito Santo já Continue lendo