DUIMP: A Revolução na Importação Brasileira

Tempo de leitura: 1 minuto

Por Carlos Araújo | @comexblog |

​O governo federal está decidido a modernizar o comércio exterior brasileiro, até que enfim! ​ E para resolvermos os nossos problemas, foi lançada uma consulta pública sobre o Novo Processo de Importação, o DUIMP.

Uma das novidades previstas no Novo Processo de Importação é a criação da Declaração Única de Importação (Duimp), que substituirá as atuais Declaração de Importação (DI) e Declaração Simplificada de Importação (DSI).

Diferentemente do que ocorre hoje, a Duimp poderá ser registrada antes mesmo da chegada da mercadoria ao país e, em regra, de forma paralela à obtenção das licenças de importação. Conforme as informações sejam prestadas antecipadamente, procedimentos como o de gerenciamento de riscos poderão ser adiantados, garantindo maior celeridade ao fluxo da carga.

Para evitar redundância ou inconsistência na prestação de informações, a Duimp será integrada com outros sistemas públicos e também estará preparada para integração com sistemas privados. Dessa forma, não será mais necessário que o importador acesse diversos sistemas.

O Novo Processo também apresenta benefícios para os importadores que realizam operações sujeitas a licenciamento. Será possível, por exemplo, o emprego de uma única licença para mais de uma operação de importação, ao contrário do que ocorre atualmente.

Neste vídeo eu explico os detalhes ​de como o DUIMP vai aumentar a competitividade brasileira, com redução de prazos e custos envolvidos nas operações de importação.

Depois de assistir me diz o que você achou e, se gostou, clica em curtir e compartilhe com os seus amigos e parceiros.

Te vejo nas minhas redes sociais:

➜ Meu site: https://www.comexblog.com.br
➜ Facebook: http://www.facebook.com/comexblog
➜ Instagram: http://www.instagram.com/comexblog

➜ Se inscreva em nossa lista EXCLUSIVA sobre conteúdos de importação ➜ http://comex.club/imp002